CIMBAL

AGENDA

Moura

Moura

  • Castelo
  • Baldio das Ferrarias - Amareleja

A margem esquerda do Guadiana, integrada no período romano na Bética Ocidental e desde sempre sob a influência política de Sevilha, desempenhou ao longo da Idade Média e, depois, até à Guerra da Restauração, um papel de razoável importância na política externa de Portugal.

Na zona de Santo Aleixo são detectáveis vestígios que comprovam uma ocupação pré-histórica, sobretudo na Herdade da Negrita, onde se encontra um importante conjunto megalítico. Esta fixação humana no Concelho, desde épocas tão recuadas, encontra justificativa na riqueza da zona em minério, na proximidade de importantes vias fluviais e na existência de importantes zonas de cultivo.

O Castelo de Moura assenta sobre um povoado da Idade do Ferro de comprovada importância política e económica, contemporâneo do Castro da Azougada, dos Ratinhos e do Álamo, onde em 1930 foi feito um importante achado de cinco peças em ouro, hoje depositado no Museu Nacional de Arqueologia e Etnologia.

Património

Iniciativas

Diário do AlentejoMuseu Regional de BejaITI CIMBALSistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego (SI2E)Apoios e IncentivosProminent MED